EsporteNotícias
Tendência

Dá para acreditar no Marinheiro?

Nesta quarta-feira, às 15h30, na Arena Condá em Chapecó, apenas um milagre classifica o Marcílio Dias

Marcílio precisa de quatro ou mais gols contra a Chapecoense em Chapecó para avançar à final do Campeonato Catarinense.

Nesta quarta-feira, às 15h30, na Arena Condá em Chapecó, apenas um milagre classifica o Marcílio Dias para a final do Campeonato Catarinense 2021. Após perder em Itajaí por 4 a 1 para a Chapecoense pela partida de ida da semifinal, o Marinheiro precisa de uma vitória por quatro ou mais gols de diferença. Algo que não acontece desde 2008 com a Chape mandante no estadual. A necessidades dos quatro gols, se deve pela vantagem dos dois resultados iguais que possui o Verdão.

Essa última derrota da Chapecoense em casa, há 13 anos pelo Catarinense, foi protagonizada pelo Avaí. Uma vitória por 6 a 0. Já a última vitória do Rubro-Anil,em Chapecó, contra a Chape, foi em 2007.Uma vitória por 2 a 1 pela Copa Santa Catarina. E o último triunfo pelo estadual, foi lá em 2001, por 1 a 0. Em ambas as ocasiões não era nem Arena ainda, se tratava do Estádio Regional Índio Condá. Além disso, os dois placares não bastariam para a classificação hoje.

Para o técnico Teco, “é necessário fazer uma segunda partida com qualidade em Chapecó para reverter uma situação que é muito complicada”.

A delegação marcilista saiu de Itajaí na segunda-feira pela manhã e já chegou em Chapecó no mesmo dia.  A preparação foi encerrada na tarde de terça-feira, com treino no gramado do CT Água Amarela, da Chapecoense.

Apesar da missão “quase” impossível para o Marcílio, a esperança é a última que morre. Um frágil Figueirense, quando renasceu das cinzas nesse Catarinense e fez as quartas de final contra a Chapecoense, após o imbróglio envolvendo o Hercílio Luz, fez 3 a 0 em 25 minutos na partida de ida em Florianópolis. Futebol é uma caixinha de surpresas.

Desfalques

O técnico Teco não poderá contar com o meia Gustavo Henrique. Ele tomou o terceiro cartão amarelo na partida de ida contra a Chape e cumpre a suspensão. Belliato e Magrão continuam fora se recuperando de lesão.

Do outro lado…

Brusque e Avaí também brigam hoje por uma vaga na decisão. No primeiro jogo, na Ressacada, 0 a 0 foi o placar. O Quadricolor tem a vantagem dos dois resultados iguais. A segunda partida está marcada para 20h30, no estádio Augusto Bauer, em Brusque.

Colaboração: Anthony Marcel – Acadêmico de jornalismo

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x