EsporteNotícias
Tendência

Libertadores: Flamengo tem caminho mais “fácil” até a final e Atlético-MG fica com “pedreiras”

Foram definidos nesta terça-feira os confrontos do mata-mata da Libertadores da América e também da Sul-Americana

 

O chaveamento das oitavas de final da Libertadores e da Sul-Americana foram definidos nesta terça-feira. Os primeiros confrontos do mata-mata, de ambos os torneios, estão marcados para o dia 13 de julho.

Vou me ater à duas equipes, Flamengo e Atlético-MG, que possuem, na teoria, caminhos distintos em relação à facilidade de chegar na final da Libertadores.

O rubro-negro terá nas oitavas de final o Defensa y Justicia da Argentina, que passou em segundo no Grupo A com 9 pontos. Grupo que também tinha o Palmeiras, que passou em primeiro com 15 pontos e teve apenas uma derrota. Adivinha para quem? O Defensa foi lá e venceu os reservas do Palmeiras no Allianz Parque por 4 a 3.

A equipe argentina também teve apenas uma derrota na sua campanha de 9 pontos na primeira fase. Adivinha para quem foi a derrota? Exatamente, eles perderam para o Palmeiras por 2 a 1 jogando em seus domínios. O que isso significa? Nada.

O Flamengo continua muito favorito contra a equipe da cidade de Florencio Varela, que fica na província de Buenos Aires. O Defensa tem um bom treinador que é o Beccacece, mas não acho que vai alterar muito o prognóstico contra a forte equipe rubro-negra, na qual espero que não tenha nenhum desfalque crucial no duelo. Com os 11 ideais, a história é essa.

Ao avançar, o time da Gávea enfrentará Internacional ou Olímpia-PAR. Aqui acredito nos colorados, e também acredito ter apoio do meu amigo de programa esportivo Luiz Henrique nesse palpite.

Entre Flamengo e Internacional a coisa fica mais complicada, mas o elenco flamenguista fará diferença nesse confronto de 180 minutos e os rubro-negros avançarão ao melhor estilo 2019: “Gabigol tá pedindo, Gabigol tá pedindo…”

Na semifinal, o Flamengo pegará ou Fluminense ou Barcelona-EQU ou Cerro Porteño-PAR ou então, seu rival de primeira fase, Vélez Sarsfield-ARG, na qual os rubro-negros saíram vitoriosos da Argentina por 3 a 2 na primeira rodadae empataram em 0 a 0 no Maracanã na última partida.

Pelo que vem fazendo o Fluzão nessa Libertadores, gostaria muito de um Fla-Flu para decidir quem vai para a grande final. Lembrando que os comandados de Roger Machado venceram por 3 a 1 o River Plate, fora de casa, na última rodada da primeira fase para avançar ao mata-mata. Mostraram força.

Vejo o Fluminense passando pelo Cerro Porteño nas oitavas e enfrentando maior dificuldade nas quartas contra Vélez Sarsfield-ARG ou Barcelona-EQU. Usando a razão, a campanha do Flu deve acabar entre os oito melhores.

Entre Vélez-ARG e Barcelona-EQU é complicado, mas vou de Barcelona-EQU pelo que mostrou na primeira fase. Passou em primeiro no Grupo C com 13 pontos. Venceu o Santos na Vila Belmiro e o Boca no Equador. Teve uma derrota, e foi para o The Strongest na Bolívia, que quando joga em casa é um leão pela altitude, mas quando desce pro nível do mar vira um gatinho.

Na semifinal entre Flamengo e Barcelona-EQU, vou de rubro-negro pela qualidade. Mas não acho que vai ser fácil, ainda mais se os dois times mantiverem o momento na competição.

Agora pros lados de Minas Gerais a parada fica um pouco mais complicada. O Atlético-MG terá logo nas oitavas de final o Boca Juniors. Apesar da tradicional equipe argentina não estar em seu melhor momento, inclusive, acabou eliminado na semifinal da Copa da Liga Argentina para o Racing nos penais e passou em segundo no Grupo C da Liberta, continua sendo o Boca, e não dá pra dizer que vai ser fácil.

Se a equipe mineira conseguir avançar, terá muito provavelmente um novo peso argentino na sua frente, o River Plate. Que terá o Argentino Juniors nas oitavas e seria uma surpresa muito grande não avançar por seu rival local.

Caso o Galo passe pelos titãs argentinos, terá Palmeiras, São Paulo ou então outro da Argentina pela frente, o Racing. Não tá fácil, mas o elenco do Atlético é muito forte e teve contratações de peso, como o Hulk, para chegar nesses grandes momentos e decidir a parada a seu favor. Como estou temendo os argentinos, eles certamente devem estar temendo a equipe brasileira.

Não sou o dono da razão, estou longe disso. Na verdade, pode ser que o caminho das pedras se torne o do Flamengo, e o mar de rosas seja o do Atlético. É futebol. O momento pode mudar em menos de 24 horas. Mas esse são meus palpites de agora.

Texto: Anthony Marcel

E-mail: anthonymarcel2@hotmail.com

 

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x