Infraestrutura
Tendência

Inicia a obra de implementação da rede coletora que vai cobrir 100% BC

Estaleiro e Estaleirinho são os contemplados

Balneário Camboriú caminha rumo a universalização do saneamento com a implantação da rede coletora de esgoto nas praias do Estaleiro e Estaleirinho, os únicos bairros que ainda não possuem rede, o que garantirá 100% de rede implantada no Sistema de Esgotamento Sanitário do Município. As obras começaram nesta quinta-feira (17) pela Avenida Rodesindo Pavan (Interpraias) – próximo a BR 101 – no Estaleirinho, com a instalação de Poço de Visita (PV) e escavação para assentamento da tubulação nesse primeiro trecho, que compreende cerca de 250 metros.

Desde a última semana, a equipe já está na mobilização e montagem do canteiro de obras. “Hoje damos mais um passo importante para atingir a meta de 100% de rede coletora implantada em Balneário Camboriú, já que o Estaleiro e Estaleirinho são os únicos bairros que ainda não possuem rede. Já somos a cidade mais saneada do Estado e uma das mais saneadas do Brasil, com esta implantação de rede que começa agora vamos consolidar a posição de cidade 100% saneada. Esta é uma conquista há muito esperada que refletirá na qualidade de nossos rios e praias, e, também, na qualidade de vida das pessoas”, ressaltou o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira.

Esta obra representará o encerramento de um ciclo, que é a cobertura total da cidade com rede coletora de esgoto, e o início outro ainda mais importante, o da conscientização das pessoas para que liguem seus imóveis na rede externa, pois só assim, será possível uma cidade 100% conectada e comprometida com o meio ambiente. Recentemente foi completada uma ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário em 53 ruas de diversos bairros.

Sobre a obra

A obra é de responsabilidade da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA), sendo executada pela CFO – Construtora Fonseca e Oliveira LTDA e compreende a implantação de 32.706 metros de rede coletora e adutora de esgoto; estações elevatórias; poços de visita; emissários e ligações de esgoto nos bairros Estaleiro e Estaleirinho, que levarão os dejetos até a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), reduzindo a poluição nos rios e praias. O valor licitado foi de R$ 9.983.766,44 e o prazo previsto para a execução é de 18 meses.

Sobre o período da obra, a Emasa lembra que será preciso a compreensão dos moradores durante a execução, pois haverá movimentação de máquinas e operários trabalhando nas ruas e isso poderá alterar a rotina das pessoas. Também informa que para a execução dos serviços, em alguns momentos serão necessárias interrupções programadas ou até emergenciais no abastecimento de água, que são comunicadas via site e Fala Emasa – WhatsApp comercial (47) 3261-0000, onde os moradores podem se cadastrar. Essas interferências na rede pluvial podem gerar turbidez da água, então pedimos a atenção e compreensão de todos.

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x