EsporteNotícias
Tendência

Marcílio Dias derrota o Rio Branco no Paraná e conquista os primeiros três pontos na Série D

Marinheiro vence o Leão da Estradinha por 1 a 0 e assume a quinta colocação no Grupo 8 da quarta divisão

O Marcílio Dias foi até o estádio Estradinha, no Paraná, nesse último domingo, enfrentar a equipe do Rio Branco-PR, e saiu com os três pontos. Julinho foi o autor do golaço que garantiu a vitória por 1 a 0 ao Marinheiro, que agora assume, após três rodadas, a quinta colocação no Grupo 8 da Série D com quatro pontos, enquanto a equipe paranaense é a lanterna, com apenas um ponto em três jogos.

Escalações

Marcílio Dias: Victor Hugo; Luiz Renan, Wallace, Luan e Fernando; Diego Silva, Julinho e João Henrique; Wellington, Anderson Ligeiro e David Batista. Técnico: Rogélio

Rio Branco: Lucas Macanhan; Igor Lopes, Renato Oliveira, Botelho e Higor; William, Vinicius Martins e Gabriel Honório; Jacy, Pepeta e Deméthryus. Técnico: Danilo Fiuza

Primeiro tempo

A equipe do Marcílio Dias, que foi comandada pelo auxiliar Rogélio, após a saída de Carlos Alberto “Teco”, que foi para São Paulo concluir sua Licença A da CBF Academy, começou melhor a partida. O Marinheiro tinha uma marcação muito boa na saída da equipe do Rio Branco-PR, o que possibilitou, por exemplo, uma boa chance com Anderson Ligeiro aos 10 minutos, só que a finalização do atacante, após a roubada de bola feita por João Henrique, foi por cima do gol.

Na metade da primeira etapa, pênalti para o Rio Branco-PR. Diego Silva fez falta em William dentro da área. O atacante Deméthryus foi para a cobrança, mas esbarrou em Victor Hugo, que fez uma boa defesa e evitou o primeiro gol da partida.

O jogo estava muito pegado e faltoso. Vários cartões amarelos sendo distribuídos ainda no primeiro tempo. Tanto que Igor Lopes, lateral da equipe do Rio Branco, foi expulso. Ele matou um contra-ataque do Marcílio com uma falta forte e foi para o chuveiro mais cedo. Agora eram 11 do Marinheiro, contra 10 do Leão.

Segundo tempo

Apesar da vantagem numérica, o Marcílio demorou para se impor. A equipe paranaense estava claramente retraída, mas o elenco marcilista não conseguia criar nenhuma oportunidade de perigo durante boa parte da segunda etapa.

Rogélio, então, mexeu bastante na equipe, o que deu um certo ânimo para o Marcílio, que aos 38, abriu o placar. Julinho, meia marcilista, arriscou uma bomba de longe e acertou o ângulo do goleiro Lucas Macanhan. Golaço da contratação mais recente do Marinheiro. Dois gols em dois jogos. 1 a 0 para a equipe de Itajaí.

Após o gol, o Rio Branco se lançou ao ataque nos minutos finais. Teve duas boas oportunidades, mas parou nas boas defesas do goleiro Victor Hugo. Grande atuação do goleiro marcilista, que fechou o gol no duelo.

O Marcílio também teve um bom contra ataque na reta final, mas desperdiçou.

Final de jogo. Rio Branco-PR 0 x 1 Marcílio Dias. Primeira vitória do Marinheiro na Série D.

A Série D é isso. Quase todos os jogos são parecidos. As equipes se equivalem muito. A partida entre Rio Branco-PR e Marcílio Dias foi mais um exemplo disso. Apesar do Marinheiro estar com uma equipe muito enfraquecida em relação ao Catarinense, não teve problemas em rivalizar contra a equipe paranaense, que sinceramente, consegue ser pior do que a equipe de Itajaí.

A partida do Marcílio Dias foi sólida, principalmente o setor defensivo, mas o problema com as finalizações continua. A equipe cria oportunidades, mas peca em finalizar. Domina a partida no meio campo, mas não consegue se impor. Talvez consiga se classificar à próxima fase somente por meio da pontuação, mas se depender do saldo de gols, pode ser um problema. A equipe não tem a característica de marcar muitos gols, independente do adversário. E por conta da goleada sofrida contra o Aimoré na primeira rodada, está com um saldo negativo de -2. Vamos ver, ainda tem muita água para passar debaixo dessa ponte.

“Sabíamos que ia ser um jogo difícil. Um campo muito ruim. Mas a equipe foi aguerrida e conseguiu fazer o que nós queríamos. Vencemos. Agora vamos nos preparar para o clássico contra o Joinville na próxima rodada, e que a gente possa repetir o feito e vencer dentro de casa”, disse o técnico Rogélio, em entrevista pós-jogo.

Próximo compromisso

O Marcílio Dias recebe, no próximo sábado, dia 26, no Gigantão das Avenidas, às 16h, a equipe do Joinville pela quarta rodada da Série D. O clássico marcará o reencontro do meia Xavier com o Marinheiro. O jogador foi contratado pelo tricolor após o término do Catarinense 2021.

Já o Rio Branco-PR visita o Juventus de Jaraguá, no João Marcatto, às 16h do próximo domingo.

Texto e opinião: Anthony Marcel – acadêmico de jornalismo

E-mail: anthonymarcel2@hotmail.com

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x