Comunidade

Fucam alinha ações de repressão a crimes contra animais em Camboriú

O presidente da Fundação do Meio Ambiente de Camboriú (FUCAM), Valmor Dalago, junto à equipe de fiscalização do órgão, se reuniu com representantes da Polícia Militar e do Grupo de Operação e Resgate de Animais (GOR). O encontro teve como objetivo, alinhar as ações de repressão a crimes de maus tratos contra animais.

A reunião buscou definir as diretrizes e o papel de cada entidade para realizar um novo convênio. A Fucam ficará com a parte administrativa, a ações criminais com a Polícia Militar, e o resgate será realizado pelo GOR, que também será o responsável por encontrar um lar temporário para os animais recolhidos por maus tratos.

“Estamos em fase de negociação para fechar um novo convênio com o GOR, que já atua no recolhimento de animais de grande porte, voltado agora, aos pequenos e médios. Esta parceria vai contribuir muito para Camboriú, já que até o momento, o município não dispõe de equipe e estrutura para recolher animais acidentados e vítimas de maus tratos. A partir deste vínculo, poderemos agir de forma mais rápida e efetiva, frente a essas ocorrências”, explicou Valmor Dalago.

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x