Uncategorized
Tendência

Saúde distribui doses da vacina para concluir primeira dose em adultos

A partir de 1º de setembro os jovens começam a ser vacinados

Santa Catarina distribui nesta sexta-feira, 27, mais 56.100 doses da vacina Coronavac para os municípios que ainda têm adultos com 18 anos ou mais não vacinados. Esse quantitativo será dividido entre os 161 municípios catarinenses que ainda necessitam de imunizantes para concluir a vacinação da população adulta com a primeira dose.

O diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck, destaca que com o envio de mais essa remessa, os municípios podem planejar ações durante o fim de semana para continuar avançando na vacinação. “As equipes municipais estão empenhadas em aplicar a vacina contra a Covid-19 na população a partir da distribuição realizada pelo Estado. Assim, é mais uma remessa que tem por objetivo alcançar a meta de imunização de toda a população com mais de 18 anos até o fim de agosto. Importante também que as pessoas fiquem atentas às orientações do seu município de residência e busquem a vacina no momento que forem chamadas”, finaliza o diretor.

A distribuição das vacinas começa pela manhã. As doses das centrais regionais da Grande Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Tubarão, Criciúma e Araranguá, Jaraguá do Sul, Joinville e Mafra serão transportadas via terrestre. O avião do Corpo de Bombeiros Militar fará a distribuição das doses das centrais de Chapecó, Xanxerê, Concórdia, Videira, Joaçaba, Lages e Rio do Sul.

As doses que serão distribuídas nesta sexta, 27, são metade das 112.200 que chegaram ao estado na manhã de quinta-feira, 26. Sendo que a outra metade da remessa recebida ficará reservada para aplicação da segunda dose. O Estado também recebeu um quantitativo de 100.620 doses da Pfizer na quinta, que vão ficar reservadas na Rede de Frio Estadual para aplicação da segunda dose e continuidade da campanha.

Vacinação dos adolescentes

A vacinação dos adolescentes com idade entre 12 e 17 anos será iniciada no dia 1º de setembro. Os jovens desta faixa etária serão vacinados apenas com doses da Pfizer, única vacina aprovada pela Anvisa, até o momento, para a vacinação em menores de 18 anos.

As doses serão encaminhadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) aos municípios de forma proporcional, considerando a estimativa do IBGE para a população de 12 a 17 anos de 2020, que é de 549.894 jovens.

Os municípios deverão destinar um percentual de 10% das doses para os adolescentes dos grupos prioritários – gestantes, puérperas, lactantes, com deficiência permanente, portadores de comorbidades e privados de liberdade – e de 90% para os adolescentes em geral por faixa etária, conforme pactuado na reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Dose de reforço

Paralelamente à vacinação dos adolescentes, será iniciada a aplicação da dose de reforço em idosos com 70 anos ou mais, com esquema vacinal completo há mais de seis meses, e pessoas com alto grau de imunossupressão, 28 dias após a última dose do esquema vacinal. No caso dos idosos, a vacinação começará por aqueles com 85 anos ou mais até chegar na faixa etária dos 70 anos.

A vacinação destes públicos também será realizada a partir do dia 1º de setembro, conforme envio de doses pelo Ministério da Saúde. Conforme orientação do Ministério da Saúde, a preferência é pela aplicação da vacina Pfizer. No entanto, podem ser utilizadas, de maneira alternativa, as vacinas Janssen ou AstraZeneca.

Imunossupressões consideradas para dose de reforço:

Imunodeficiência primária grave;
Quimioterapia para câncer;
Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras;
Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3;
Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias;
Uso de drogas modificadoras da resposta imune;
Pacientes em hemodiálise;
Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) vai divulgar, nos próximos dias, um documento técnico para orientação dos municípios sobre a vacinação dos adolescentes e a aplicação da dose de reforço nos idosos com mais de 70 anos e pessoas com imunossupressão.

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x