Uncategorized
Tendência

Estado tem regiões no risco alto e moderado

Pela primeira vez, a Matriz de Risco Potencial Regionalizado em Santa Catarina não indica regiões no risco gravíssimo (cor vermelha) e nem no risco grave (cor laranja) para a Covid-19

Pela primeira vez, a Matriz de Risco Potencial Regionalizado em Santa Catarina não indica regiões no risco gravíssimo (cor vermelha) e nem no risco grave (cor laranja) para a Covid-19. A Matriz deste sábado, 09 de outubro, aponta 13 regiões como risco potencial alto (cor amarela) e quatro como risco potencial moderado (cor azul).

As regiões do Alto Uruguai Catarinense e Vale do Itapocu mantiveram a classificação de risco moderada da semana passada, e as Regiões do Alto Vale do Rio do Peixe e Serra Catarinense passaram a ser classificadas como risco moderado, refletindo a melhora nos indicadores de transmissibilidade e capacidade de atenção. A Região Oeste, que estava classificada como Risco Grave na semana passada, passou a figurar, juntamente com outras 12 Regiões, como Risco Alto. Para isso, foi fundamental a melhoria no indicador de transmissibilidade, com uma redução no índice de casos infectantes e na taxa de transmissão da Covid-19 nos municípios da Região.

As regiões em risco alto são Alto Vale do Itajaí, Carbonífera, Extremo Oeste, Extremo Sul, Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis, Laguna, Médio Vale do Itajaí, Meio Oeste, Nordeste, Oeste, Planalto Norte e Xanxerê.

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x