Uncategorized
Tendência

Insolação, intoxicação e desidratação: saiba como prevenir

Doenças típicas do verão podem ser evitadas com alguns cuidados

Com o verão e o período de férias, as pessoas aproveitam os dias quentes na praia, piscina ou parques, circulam mais e ficam mais expostas a vírus e bactérias. A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) alerta para os cuidados que a população precisa ter para evitar doenças típicas da estação, como viroses e intoxicação alimentar.

Insolação e desidratação

A exposição ao sol é um fator de risco para o desenvolvimento do câncer de pele. Por isso, é preciso cuidado, como usar protetor solar e evitar exposição ao sol entre as 10h e às 16h.

A insolação ocorre quando há excesso de exposição ao sol e ao calor intenso. O quadro gera dores de cabeça, falta de ar e febre. Além disso, a insolação pode ser acompanhada de queimaduras solares, bolhas e dor intensa.

Também é essencial não se esquecer de se hidratar. Isso ajuda nas atividades das células, na digestão, no funcionamento dos rins, regulação da pressão arterial, entre outras atividades. O indicado é beber, pelo menos, dois litros de água por dia.

Intoxicação alimentar

O calor possibilita a proliferação de vírus e bactérias e, portanto, é preciso tomar cuidado com o armazenamento e transporte dos alimentos. “As doenças diarreicas agudas são causadas pelo aumento do consumo de alimentos e bebidas contaminadas, contato com água imprópria para banho e aumento na circulação de vírus, bactérias e parasitas”, explica Fábio Gaudenzi de Faria, médico infectologista da Dive.

As causas das doenças diarreicas também estão relacionadas ao preparo e acondicionamento incorreto de alimentos, ao consumo de bebidas (água, sucos, gelo) de procedência duvidosa e à ausência de cuidados com a higiene pessoal (lavagem das mãos).

“Tente evitar o consumo de alimentos na praia, consuma preferencialmente o alimento que você preparou em casa ou, então, procure locais que tenham um sistema de refrigeração, uma estrutura mais adequada para venda e armazenamento desses alimentos’’, sugere o médico.

A principal manifestação da doença é o aumento do número de evacuações, podendo ser acompanhadas de náusea, vômito, febre e dor abdominal. Em alguns casos, há presença de muco e sangue nas fezes. Aparecendo qualquer dos sintomas, procure imediatamente atendimento médico.

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x