Uncategorized
Tendência

Meio ambiente devolve 36 animais silvetres à natureza

Entre os animais soltos, estava um gambá vítima de atropelamento

Resgatados em 2021 e 2022 por estarem em vulnerabilidade, 36 animais silvestres foram soltos no Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta, em Balneário Camboriú, no fim da tarde desta quarta-feira (26). Antes de voltarem à natureza, todos passaram por um processo de recuperação no Complexo Ambiental Cyro Gevaerd (Zoológico), para onde são levadas as espécies silvestres em risco capturadas pelo programa Abraço Animal.

Entre os animais soltos, estava um gambá vítima de atropelamento. Em novembro de 2021, ele chegou ao Complexo Ambiental apresentando apatia, dificuldade respiratória e sangramento nasal e oral. Nesse local, passou por tratamento intensivo e nutricional, que possibilitou o restabelecimento da saúde. No Complexo Ambiental, os animais silvestres resgatados são encaminhados para avaliação, atendimento veterinário e biológico e ficam em observação até a total recuperação para retornar ao ambiente de origem. Assim como o gambá, foram submetidos a esse processo 30 passeriformes (coleirinha, canário, sabiá, tico-tico, tiê e azulão), dois tucanos, uma aracuã, uma capivara e outro gambá devolvidos à natureza nesta quarta-feira.

O resgate ocorreu por estarem machucados, como o gambá, a capivara e os dois tucanos; por serem filhotes e terem sido encontrados sem a mãe, caso do outro gambá e da aracuã; ou por estarem ilegalmente em cativeiro, situação dos pássaros. A bióloga do Zoológico, Márcia Regina Gonçalves Achutti, explicou sobre o trabalho. “Essa soltura é um trabalho que vem sendo realizado desde 2021. A capivara, por exemplo, já está com a gente desde agosto ou setembro do ano passado, e ela veio vítima de um atropelamento, nós cuidamos e hoje ela está sendo solta. Além disso, recebemos várias aves vítimas de tráfico e cativeiros ilegais que também foram soltas”.

O Parque Raimundo é uma área de preservação onde fica localizada a Secretaria do Meio Ambiente. A secretária Maria Heloisa Furtado Lenzi contou porque foi escolhido o Parque para a soltura. “Todos serão soltos no Parque Raimundo porque ele é uma unidade de preservação, portanto os animais podem ser soltos naquele ambiente”.

Qualquer pessoa que avistar um animal em vulnerabilidade pode telefonar para o número 153, da Guarda Municipal. A captura é feita por meio do Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Municipal ou Secretaria do Meio Ambiente.

Mais de 1.700 animais foram resgatados desde 2019

Lançado em 23 de fevereiro de 2019, o Programa Abraço Animal virou lei em 3 de setembro de 2020 e está vinculado às secretarias de Meio Ambiente, de Saúde e de Segurança. O resgate de animais silvestres e domésticos por meio do programa segue um protocolo definido com o Conselho Municipal de Proteção Animal (COMPA). Para acionar o programa, basta ligar para o fone 153, número da Guarda Municipal.

Desde 2019 e até dezembro de 2021, o programa resgatou 1.769 animais silvestres. Destes, 934 voltaram à natureza após recuperação, de acordo com a bióloga do Complexo Ambiental Cyro Gevaerd (Zoológico), Márcia Regina Gonçalves Achutti. Por sofrerem sequelas ou serem exóticos, 602 permaneceram no zoológico. Do restante, cinco foram encaminhados ao Projeto de Monitoramento de Praias (PMP) e 228 morreram.

Mais informações sobre o programa estão no site http://abracoanimal.bc.sc.gov.br/.

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x