Uncategorized
Tendência

Força tarefa contra a dengue em BC

São 232 focos do mosquito Aedes Aegypti espalhados pelos bairros da cidade

Para conscientizar e orientar a população sobre como prevenir a proliferação do mosquito da dengue, as equipes da Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú, estão vistoriando os comércios, residências e condomínios nos bairros da Vila Real, Iate Clube e alguns pontos do Centro.

As instabilidades climáticas do verão facilitam a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. Por isso, o cuidado deve ser redobrado. Para evitar a formação dos criadouros, é importante que a população esteja atenta ao acúmulo de água em recipientes espalhados nas residências. Todos os reservatórios devem ser vedados, as calhas devem ser limpas frequentemente e as garrafas vazias precisam ficar de cabeça para baixo. Além disso, é essencial manter os quintais sempre limpos, evitando os focos do inseto.

Até o momento, Balneário Camboriú registra um caso de dengue importado e um caso de Chikungunya não residente. Ao todo, são 232 focos do mosquito Aedes Aegypti espalhados pelos bairros da cidade.

Os agentes visitadores estão vacinados contra a Covid-19, são uniformizados e identificados com crachás com as logos da Prefeitura e do Programa de Combate à Dengue. Em caso de dúvidas, a população pode entrar em contato com o setor pelo telefone (47) 3261-6264 para confirmar a visita.

A equipe atende denúncias feitas à Ouvidoria Municipal, pelos telefones (47) 3267-7024, 0800 644 3388, ou Whatsapp (47) 99982-1979.

Os principais sintomas da dengue são:

— febre alta, de 39 °C a 40 °C, de início abrupto;
— dor de cabeça;
— fraqueza;
— dores no corpo;
— dores nas articulações;
— dor no fundo dos olhos.

Ao perceber os sintomas deve procurar o serviço de saúde imediatamente.

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x