Uncategorized
Tendência

Programa de Educação Financeira nas escolas é lançado em SC

O programa tem como objetivo promover a abordagem do tema junto aos estudantes catarinenses

O secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, participou do lançamento do Programa de Educação Financeira do Estado de Santa Catarina, ao lado do ministro da Educação, Milton Ribeiro. Resultado de uma parceria entre o Ministério da Educação (MEC) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o programa tem como objetivo promover a abordagem do tema junto aos estudantes catarinenses.

“A educação financeira é uma das trilhas de aprofundamento do Novo Ensino Médio, um avanço que permite que o aluno opte por estudar assuntos com os quais ele tenha familiaridade, algo que ajude a construir sua vida profissional no futuro. Neste tema, ele aprende sobre a matemática aplicada ao mundo financeiro, mas também relaciona o dinheiro e a felicidade, entende a importância de se ter um planejamento de gastos. O programa, com certeza, tem muito a somar”, disse o secretário Vampiro.

O programa foi lançado em Tubarão, município que é considerado pelos idealizadores da iniciativa como um núcleo de referência em educação financeira no país. Durante o evento, foram apresentados o Caderno Economia do Guia dos Temas Contemporâneos transversais, material que aborda a educação financeira de forma interdisciplinar, conectada à realidade dos estudantes, seguindo as premissas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Após o lançamento oficial, o ministro Milton Ribeiro fez elogios à condução da educação em Santa Catarina e comentou sobre a implantação do programa. “Estou muito contente com este projeto. Tenho certeza que Tubarão vai dar um andamento tão bom que poucas mudanças serão necessárias para que ele seja compreendido. O MEC está à disposição” conclui.

Como se inscrever no Programa Educação Financeira na Escola

Lançado para todo o Brasil em agosto de 2021, o Programa Educação Financeira na Escola é uma iniciativa voltada aos professores das redes pública e privada de ensino, que tem como objetivo prepará-los para abordar o tema da educação financeira em sala de aula. As inscrições nas formações são gratuitas e devem ser feitas neste site.

Educação Financeira em Santa Catarina

Em Santa Catarina, o Currículo Base do Território Catarinense, apoiado no princípio da educação integral, tem como objetivo garantir desenvolvimento pleno aos estudantes, do ponto de vista da cidadania, emancipação e liberdade. Nesta perspectiva, entre os temas abordados estão a economia, o trabalho, a educação financeira e a educação fiscal.

No Novo Ensino Médio, este tema é abordado por meio dos componentes curriculares eletivos de Matemática Financeira e Educação Fiscal. Nestas aulas, os estudantes têm acesso a conteúdos como a história das relações financeiras, matemática aplicada às finanças, a importância de um controle de gastos e investimentos e conhecimentos sobre o funcionamento das instituições financeiras.

Em 2021, das 120 escolas-piloto que já trabalhavam com o Novo Ensino Médio em Santa Catarina, 37 ofereceram este componente curricular eletivo a mais de 2,2 mil estudantes – o Novo Ensino Médio está sendo implementado oficialmente em 711 escolas da rede estadual em 2022. Além disso, cinco Centros de Educação Profissional (Cedups) ofertaram os conteúdos como parte do currículo de cursos técnicos oferecidos pelo Governo de Santa Catarina.

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x