ComunidadeNotícias
Tendência

Prefeitura de Florianópolis instala brinquedos acessíveis nas unidades educativas municipais

O objetivo é garantir o direito a todas as crianças de brincarem juntas em balanço, gangorra e gira-gira

A Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis (SME)  iniciou a instalação de parques acessíveis em creches e escolas. Os kits de brinquedos permitem a interação entre crianças com e sem deficiência ou mobilidade reduzida.   Para o prefeito Topázio Neto, a administração pública busca transformar Florianópolis em  uma Capital cada vez mais inclusiva. “O investimento em acessibilidade nas unidades educativas  é o retrato dessa missão”, enfatiza. Conforme o titular da pasta da Educação, Maurício Fernandes Pereira,  todas as crianças terão a oportunidade de brincar com segurança e desenvolver experiências motoras, cognitivas e sensoriais.  A maioria dos brinquedos apresenta duas opções, como é o caso dos balanços que possuem um lado com espaço para cadeira de rodas e outro para  uma cadeira comum.   A Prefeitura investiu 4,8 milhões de reais em três modelos de equipamentos. Foram adquiridos  100 balanços para cadeiras de rodas, 110 gangorras acessíveis, e 71 gira-giras acessíveis .   A gerente da Educação Especial da SME, Ana Paula Felipe , comentou que instalar brinquedos acessíveis nos espaços comuns das unidades educativas reflete o verdadeiro princípio da educação inclusiva. “Isto é, o direito à diferença dentro da escola comum”. 

A Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis (SME)  iniciou a instalação de parques acessíveis em creches e escolas. Os kits de brinquedos permitem a interação entre crianças com e sem deficiência ou mobilidade reduzida. 
Para o prefeito Topázio Neto, a administração pública busca transformar Florianópolis em  uma Capital cada vez mais inclusiva. “ O  investimento em acessibilidade nas unidades educativas  é o retrato dessa missão”, enfatiza. 

Conforme o titular da pasta da Educação, Maurício Fernandes Pereira, todas as crianças terão  a oportunidade de brincar com segurança e desenvolver experiências motoras, cognitivas e sensoriais.
A maioria dos brinquedos apresenta duas opções, como é o caso dos balanços que possuem um lado com espaço para cadeira de rodas e outro para  uma cadeira comum. 

A Prefeitura investiu 4, 8 milhões de reais em três  modelos de equipamentos. Foram adquiridos 100 balanços para cadeiras de rodas, 110 gangorras acessíveis, e 71 gira-giras acessíveis . 
A gerente da Educação Especial da SME, Ana Paula Felipe, comentou que instalar brinquedos acessíveis nos espaços comuns das unidades educativas reflete o verdadeiro princípio da educação inclusiva. “Isto é, o  direito à diferença dentro da escola comum”.

Fonte: PMF

Artigos relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x